Este projeto eu criei para quem superou uma doença que parecia ser impossível de ser superada, que este projeto faça lembrar as dificuldades que foram enfrentadas e superadas, também serve para quem esteja passando ou que tenha algum ente querido em processo de cura.

Esse projeto tem o desígnio de ser o amuleto de sorte e também marque essa faze de vitória nessa luta contra uma enfermidade.

Vou deixar abaixo uma explicação dos significados e a analogia utilizada na criação desse projeto.

1-     Esta figura numero (1) arremete a um elemento cultural chamado “Mango Pare” mango pare representa uma Cabeça de Tubarão, usado para expressar a força, determinação e espírito guerreiro.

Espírito e determinação necessária e fundamental para vender a doença.

2-     Tiki Mana: Tiki é um Deus, que na maioria das vezes é retratado com os olhos fechados lábios proeminentes e imagem serena são os protetores da família, do ser como um todo nos guiam e nos protegem no cotidiano.  A proteção essa que foi cruxial na recuperação e superação da enfermidade.

3-     Vemos um Humanoide estilizado em estilo Samoano que tem a proeminência nas mãos de três dedos, essa mão é a mão do Manaia, esses três dedos representam o circulo da vida nascimento vida e morte, exalta que essa doença foi vencida pois o ciclo da vida ainda não se fechou para a pessoa em questão.

4-     Arraias estão associadas a sabedoria dentro da cultura Maori, sabedoria e auto conhecimento que o processo de cura trouxe, esse é um dos lados positivos se assim podemos chamar de todo esse processo.

5-     Olho Maori, esse ponto preto eram comumente utilizados pelos guerreiros pois acreditavam que ele tirava a atenção do inimigo, o inimigo aqui em questão é a doença, para tanto com sabedoria foi distraída em quanto a batalha estava sendo travada e vencida.

6-     Gecko ou Lagarto: são seres cultuados pelos Maoris, quando os Maoris não tinham contato com o Homem moderno, não tinham relação com outras pessoas se não as que habitavam o seu território, não sofriam de moléstias transmissíveis, a não ser as transmitidas por insetos, desta maneira os Maoris criavam em suas casas diversos lagartos que se alimentavam de insetos e desta maneira conseguiam reduzir a população destes insetos que os infectavam, por sua facilidade de procriação eram tidos como símbolo de fertilidade também. O Geckos eram considerados também como seres que tinham a capacidade de inspecionar o futuro e nos proteger no presente.

Eles aqui veem a representar a proteção contra a males a saúde, que tragam proteção para que sua saúde esteja protegida pois sempre será alardeado pelo fato de sua capacidade de inspecionar o futuro e nos livrar no presente.

7-     O menor dos símbolos porem com uma importância tão grandiosa quanto aos demais o “Pássaro” para os maoris eram vistos como seres que enxergam a vida de um outro ângulo pois eles veem tudo de uma forma superior enxergam de cima, sendo assim a analogia cabe em mostrar que essa doença tanto para quem se curou quem esta se curando ou alguém próximo de quem esta passando por uma batalha, passou ou passe a ver a vida de outras forma, juntamente com a sabedoria da arraia, a proteção e paciência dos Tikis a força do guerreiro (Mango Pare) e todos os elementos que compões esse projeto possam dar ou mostrar que quando acreditamos como dizia nosso saudoso poeta “Impossível é questão de opinião”